Governo do Distrito Federal
24/06/21 às 10h57 - Atualizado em 24/06/21 às 11h01

Internet gratuita para a comunidade do Recanto das Emas

Secretaria de Tecnologia e Inovação lança na região, nesta quinta (24), o programa ‘Wi-Fi Social DF’

 

A Secretaria de Tecnologia e Inovação do DF (Secti) e a Secretaria de Economia (Seec) inauguram, nesta quinta-feira (25), às 10h, o serviço de internet gratuita na Comunidade 406 do Recanto das Emas. O secretário de Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, lançará, no evento, para lançar o projeto Internet para Todos, do programa Wi-Fi Social DF, que alcançará as residências de todas as famílias da área.

 

O ‘Wi-Fi Social DF’ foi lançado em 2019 para promover a inclusão digital da população do DF; 55 pontos foram entregues e o projeto já contabilizou mais de 70 milhões de acessos | Foto: Divulgação/Secti

 

Gilvan Máximo afirma que o Governo do Distrito Federal quer tornar “Brasília, uma cidade inteligente” e disponibilizar internet gratuita na casa das famílias. “Para que as pessoas possam, ainda, buscar novas oportunidades de emprego, fazer aulas on-line e cursos profissionalizantes, entre outras atividades”, afirma.

 

Transformação digital

“O acesso à inovação e à tecnologia são marcas do nosso governo”, afirma o secretário de Economia, André Clemente. “Realizamos uma transformação digital no governo e disponibilizamos 100% dos serviços da Secretaria de Economia de forma digital para cidadãos e empresas. Isso já seria um avanço por si só, mas a medida merece ainda mais destaque em um momento de pandemia, pois trouxe aos servidores e contribuintes mais agilidade, comodidade e principalmente segurança”, acrescenta Clemente.

 

O projeto Wi-Fi Social DF foi lançado em 2019 pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação para promover a inclusão digital e social da população do Distrito Federal. Desde então, 55 pontos já foram entregues e o projeto já contabilizou mais de 70 milhões de acessos.

 

*Com informações da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: FREDDY CHARLSON