Governo do Distrito Federal
8/02/22 às 8h20 - Atualizado em 8/02/22 às 8h20

GDF Presente acaba com lixão próximo a igreja na Asa Norte

Equipes recolheram 16 toneladas de entulho do local. Comunidade é alertada para os riscos da prática irregular

Catarina Lima, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

Em menos de um mês, a área em volta da Igreja Nossa Senhora da Saúde, na 702 Norte, tornou-se um depósito de lixo. Nesta sexta-feira (4), a equipe do GDF Presente, retirou 16 toneladas de entulho que haviam sido depositadas no local pela população que mora nas proximidades.

Além da limpeza, o GDF Presente realizou a capina, frisagem dos meios-fios e lavagem de calçadas nas áreas adjacentes à paróquia. Assim como em outras regiões administrativas, o Plano Piloto também sofre com o descarte incorreto do lixo.

O padre Rafael Souza dos Santos, responsável pela igreja, foi quem solicitou o apoio do GDF Presente para limpar o local. O religioso lembra que tudo começou quando pediu aos funcionários da paróquia que juntassem alguns galhos caídos de palmeiras e deixassem no local, para retirar mais tarde. “As pessoas viram os galhos e começaram a jogar lixo também”, explicou.

“Precisamos da colaboração da comunidade para resolver o problema do descarte irregular de resíduos, que é muito recorrente em todo o DF. Sempre que colocamos equipes nas ruas para retirar descartes irregulares, são equipes a menos que poderiam fazer outros serviços essenciais”, lembra a administradora do Plano Piloto, Ilka Teodoro.

Além da retirada de entulhos, o GDF Presente realizou a capina, frisagem dos meios-fios e lavagem de calçadas nas áreas adjacentes à paróquia | Fotos: Divulgação GDF Presente

“Aqui no Plano Piloto temos o papa-entulho, localizado na Asa Sul, que é o espaço adequado para a população descartar restos de obra, móveis velhos e outros volumosos (exceto eletrônicos), restos de poda, material reciclável e óleo de cozinha usado”, alerta.

O papa-entulho da L2 Sul é o único existente no Plano Piloto, por enquanto. “Recentemente, retiramos também 24 toneladas de entulho na área adjacente à Casa do Maranhão, na 914 Sul. Muito lixo e galhos de árvores”, disse Alexandro César, coordenador do GDF Presente na região.